A compra do tapete precisa levar em conta o espaço onde será usado. Christiana Gontijo recomenda que, antes da aquisição, o tapete seja testado. “As boas lojas do ramo permitem que o cliente prove o tapete. É igual à roupa, o caimento tem que ser perfeito”.

Segundo a engenheira civil e designer de interiores Karin Brenner, quando o tapete é solto e único dentro de um ambiente, deve estar a uma distância de 30 a 50 cm das paredes para que se veja o piso que está embaixo. Na sala de jantar, deve estar ao menos 80 cm além do tampo da mesa, assim, quando as pessoas se levantam, as cadeiras continuam sobre ele.

Na sala de estar, Karin aconselha que o tapete fique na mesma linha do sofá, delimitando o ambiente, ou entrando de 10 a 30 cm por baixo dele. Se ele tem barras laterais, é importante que ao menos um dos lados fique aparente.

Não use vários tapetes pequenos em um mesmo ambiente, pois a variedade de cores e desenhos subdivide a área em porções e traz problemas para a decoração. “Uma peça única e grande faz o ambiente parecer maior”, afirma Brenner. Procure harmonizar as cores dos tapetes usados em um mesmo espaço entre si e com as demais cores da decoração. Tapetes estampados podem ser utilizados sobre forrações lisas e neutras.

Karin dá a última dica: “De tempos em tempos vire o tapete de posição. Assim, ele terá uma incidência de luz diferente e conhecerá outro tipo de tráfego”.

Fonte: Bbel

Publicado na categoria: Notícias | Com a tag , , , , , , | Faça seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>