Acompanhe as notícias mais atualizadas do segmento.

Top Of Mind

12 de fevereiro de 2015

Glass Beach: a praia que fez do lixo um tesouro

1
 

Um lixão digno de visita. Você já imaginou ouvir uma frase assim? Por mais irônica que pareça, ela se aplica com perfeição a uma exótica praia nos Estados Unidos que transformou anos de depósito irregular de lixo em uma atração turística de beleza rara – a Glass Beach (Praia de Vidro, no português).
 
Localizada em Fort Bragg, na Califórnia, ela é formada por um tapete de pedrinhas de vidro que brilham à luz do sol. O vidro é proveniente do lixo doméstico que moradores da região descartavam ali no início do século XX.
 
A área também servia de depósito para eletrodomésticos e até mesmo carros velhos, segundo o site oficial da atração. A situação chegava a tal descontrole que, às vezes, incêndios eram provocados para reduzir o tamanho da pilha de lixo.
 
Foi só em 1967 que o governo local e o North Coast Water Quality Board (Conselho de Qualidade da Água do Litoral Norte) resolveram por um fim à prática ilegal, fechando a praia e dando início a programas de limpeza e recuperação ambiental.
 
No entanto, ao longo dos anos, o movimento das águas do mar batendo na areia da praia foi quebrando e lapidando os pedaços de vidros, o que tornou difícil a tarefa de separação dos cacos de vidro das pedrinhas da areia. É a Natureza solucionando um erro humano.
 
Atualmente, a Glass Beach é uma área de proteção ambiental aberta a visitação turística e, apesar de ser oficialmente proibido vasculhar a areia, muitos visitantes ainda retiram pedrinhas de vidro lapidado para levar para casa como lembrança. A praia também é famosa por seu leque variado de caranguejos, moluscos e plantas aquáticas.
 
Confira algumas fotos:
 
2
 
3
 
4
 
5
 
6
 
Fonte: Exame

Faça seu comentário