Acompanhe as notícias mais atualizadas do segmento.

Top Of Mind

13 de fevereiro de 2015

Grande número de janelas garantem iluminação natural em casa com estrutura cônica

Para se adaptar ao clima quente de Malinalco, no México, a residência foi construída em desenho curvo com o objetivo de fazer o ar circular
 
1
 
Esta casa de 243m2, assinada pelo arquiteto Esteban Díaz de La Veja, do L.A.N.AB.E. (Laboratório Nômade de Desenho Espacial), precisou se adaptar ao clima quente de Malinalco, no México.
 
Para fazer o ar circular, a construção ganhou desenho curvo e foi suspensa por um sistema de pilotis. Além disso, a cúpula de altura dupla ajuda a regular a umidade no verão.
 
A “espinha dorsal” da casa consiste em uma estrutura cônica de aço, da qual partem, radialmente, vigas de madeira que sustentam o térreo, o andar mezanino e o telhado.
 
O piso térreo foi construído com desníveis, respeitando o terreno irregular. A ausência de paredes entre os cômodos desse andar conferiu amplitude espacial no interior da casa e vista para o exterior.
 
A fachada principal, ligeiramente inclinada, é cheia de janelas, o que garante luz e ventilação naturais, além de uma visão ampla do entorno.
 
2
 
3
 
4
 
5
 
Fonte: Revista Vidro Impresso

Faça seu comentário