Acompanhe as notícias mais atualizadas do segmento.

Top Of Mind

10 de junho de 2013

O vidro pelas bandas do Mercosul – Parte 1

No início do ano, nosso blog destacou algumas obras utilizando vidro em cidades alemãs, italianas e francesas. Em viagem de férias por Buenos Aires (Argentina) e Montevidéu e Punta Del Este (Uruguai), notei algumas construções muito interessantes usando o vidro. Neste post, falaremos de Buenos Aires.

argentina1

No centro dessa cidade, na Rua Florida com a Avenida Córdoba, um prédio que chama a atenção pelo uso do vidro no teto e guarda-corpos, além de espelhos na decoração, é o das Galerias Pacífico. Como a maioria das construções buenairenses, ele é inspirado em obras europeias. É imponente, embora tenha apenas três andares. Construído em 1889, guarda com ele muitas histórias. Antes de abrigar o shopping atual foi loja, museu e até mesmo de local de tortura… Vale a pena pesquisar.

Próximo ao Centro, a capital portenha tem o bairro com o m2 mais caro da cidade, o Puerto Madero. Há mais de dez anos se erguem ali edifícios moderníssimos comerciais e residenciais — a maioria, peles de vidro (em abril, aliás, este blog publicou matéria sobre um edifício flutuante instalado ali). Seus moradores estão entre os políticos, grandes empresários e jogadores de futebol.

O porto propriamente dito está desativado (mudou-se para outra área). Atualmente, apenas pequenos barcos e iates ancoram por lá. No entanto, ficaram alguns guindastes para servir de decoração e servir de marco histórico. Em boa parte das margens do rio da Prata, ocupando os antigos armazéns, estão restaurantes de primeira linha servindo tanto a turistas como a moradores.

Se visitar Buenos Aires, passe por aqui. Você vai se deslumbrar ao ver os peles de vidro.

Fonte: Abravidro

Faça seu comentário