Acompanhe as notícias mais atualizadas do segmento.

Top Of Mind

06 de janeiro de 2014

Proteção com Estilo

Guarda-corpos de vidro são peça-chave na valorização de ambientes externos e internos.

1

Tendência incontestável no universo da arquitetura e da decoração contemporâneas, guarda-corpos de vidro frequentemente figuram entre os destaques dos projetos atuais. Capazes de agregar, a um só tempo, leveza, transparência e sofisticação, quando aplicados em guarda-corpos os vidros ainda acrescentam um visual clean e moderno ao ambiente. “O vidro tem a capacidade de delimitar áreas com segurança, sem comprometer a amplitude dos espaços. A ferragem, por sua vez, possibilita a fixação com um toque de personalidade que valoriza o ambiente”, comenta o diretor da fabricante WR Glass, Willmerson Ramos.

“O vidro salta aos olhos quando presente neste tipo de aplicação”, avalia o diretor da T2G, Mauricio Margaritelli. “Especialmente quando especificado com um sistema de alta qualidade, o guarda-corpo de vidro torna-se um diferencial no ambiente – seja em uma proposta minimalista ou em um projeto mais complexo, onde segurança e durabilidade são essenciais”, observa o diretor. “O vidro também oferece agilidade e economia na construção”, acrescenta André Costanzo, gerente da Glass Vetro.

De fato, as soluções ofertadas hoje no mercado nacional se mostram versáteis e ajustáveis a cada necessidade. Arquitetos e designers de interiores têm à disposição um grande leque de opções, tanto para áreas externas como internas. “Há, por exemplo, a possibilidade de um corrimão com acabamento e conexões imperceptíveis, em que os parafusos não ficam à mostra”, cita Margaritelli. Para Carlos Cesar Coelho, da B&C, “a tendência é que cada vez mais as partes metálicas fiquem discretas no projeto, valorizando a transparência do vidro”.

Amplamente empregados em ambientes de linguagens diversas e destinados às mais variadas funções, as ferragens para guarda-corpos de vidro têm se mostrado soluções ideais, tanto pela praticidade de instalação como pelas funcionalidades e propostas estéticas. “São os produtos de nossa linha que mais vendem atualmente”, revela Costanzo. “Para se ter uma ideia, o perfil Infinity View está presente em três estádios construídos para a Copa de 2014.”

Segundo André Costanzo, da Glass Vetro, os modelos atuais acompanham a tendência da arquitetura moderna de buscar cada vez mais transparência e menos interferência visual. “A Glass Vetro tem investido bastante em tecnologia para reduzir os tamanhos das peças e, ao mesmo tempo, manter excelência em funcionalidade, qualidade e design.” Quanto às tecnologias incorporadas, o gerente cita os sistemas de perfis, que eliminam a necessidade de furar o vidro, permitindo uma instalação fácil e rápida. “Há também as pinças, que oferecem design diferenciado, e muitas também dispensam furo”, acrescenta. “Com relação à instalação, é essencial que a superfície tenha um substrato adequado para suportar a pressão do sistema e do vidro e que não haja desníveis”, alerta Costanzo. Em geral, informa ele, os guarda-corpos utilizam vidros laminados de temperados, com uma composição padrão de duas folhas de 6 mm.

Os botões prolongadores também têm sido muito explorados, por se adaptaram facilmente aos painéis de vidro, sem qualquer tipo de solda. “Sistemas assim oferecem conexões bidirecionais de ajuste, e sua base também apresenta espaço para um sistema de ancoragem mecânica”, diz Margaritelli.
Erico Miguel, diretor da Ideia Glass, ressalta que, como os guarda-corpos costumam ser instalados em áreas externas, é imprescindível estar atento à resistência do material que compõe o produto. “Também é importante avaliar o local onde o sistema será instalado. Algumas áreas permitem apenas a instalação com corrimão, outras com prolongador. Para cada obra há uma regra”, indica Miguel. “Nunca sobrecarregue as peças com o peso do vidro porque, além desse peso, elas devem suportar o peso das pessoas apoiadas”, ressalta o diretor.

2

3

4

5

Fonte: Vidro Impresso

Faça seu comentário