Acompanhe as notícias mais atualizadas do segmento.

Top Of Mind

01 de novembro de 2011

Transformando criado mudo velho em novo

O criado-mudo com carinha tradicional foi herança do antigo morador do apartamento que a publicitária Carla Cipullo aluga em São Paulo. “Como o móvel não combinava com meu quarto, era um ponto de foco: toda vez que eu entrava no ambiente, só conseguia olhar para ele”, conta. Isso até arregaçar as mangas e dar um basta nessa história usando um adesivo vinílico fosco (Con-Tact) de cor ousada. “Resolvi também abrir mão dos puxadores para o visual ficar mais limpo.” A solução, além de econômica, levou apenas uma tarde de sábado para ser concluída. Gostou desta transformação? Outra boa ideia é fazer uma pintura de listras coloridas.

Aplicação sem segredo

> Primeiramente, Carla retirou os puxadores – mas não tapou os buraquinhos deixados por eles.
> A superfície envernizada do móvel acabou facilitando a aplicação do adesivo, na opinião da moça, até então mais acostumada a usar o material para encapar livros e cadernos.
> O revestimento se iniciou pelo tampo. A moradora cortou o plástico adesivado deixando cerca de 5 cm a mais nos quatro lados. À medida que deslizava o adesivo de uma ponta à outra, ela passava firmemente uma régua, a fim de evitar a formação de bolhas. O excedente foi dobrado, cobrindo as beiradas. Assim, a emenda ficou oculta.
> Depois, foi a vez das laterais e da parte de trás da peça que, por não levar verniz, recebeu mais atenção.
> Uma régua pequena ajudou a revestir a frente das gavetas. A sobra nas laterais cobriu as bordas.

Faça seu comentário